Minha primeira tattoo

Tatuagem é um negócio complicado na minha vida: sempre quis fazer, mas por vários motivos (família conservadora, dinheiro curto, emprego conservador) eu sempre acabei adiando. Mas agora, 32 anos na cara, finalmente decidi que estava na hora de seguir adiante por motivos de:

Veja bem, eu ainda tenho uma família e um emprego conservadores. Se você não tem um emprego moderninho e descolado, as pessoas vão te olhar torto se a tatuagem estiver à vista. E minha família já acha que eu sou uma decepção porque ainda não casei e pari três crianças, não quero dar mais motivos pra eles encherem minha paciência.

Meus critérios eram bem simples: pequena, escondida, significativa. Escolhi tatuar uma cobra porque eu amo cobras e pode fazer todas as piadas comparativas com pinto agora. Satisfeito?

Olha, cobra é um bicho super de boa. O grande sonho da minha vida era poder me transformar numa sucuri e passar o resto da vida tomando sol na beira de um rio. E se você acha cobras assustadoras, claramente você nunca viu uma cobra de chapéu.

Bom dia, teria um minuto para ouvir a palavra de nosso senhor Apophis? (Via)

Serpentes são associadas à fertilidade, a criação e a destruição. Uma cobra trocando de pele é associada ao renascimento e a imortalidade.

O desenho que eu fiz.

O estêncil colocado.

O processo.

O resultado final.

Minha tattoo foi feita no Belltrix & Kettei Studio pelo Samuel de Souza. Se você é de Bragança Paulista e região, acho que vale muito a pena conhecer! <3

6 verdades e uma mentira

  1. Eu já quase me arrebentei toda pulando de uma sacada do primeiro andar de um hotel porque fui fumar e fiquei presa do lado de fora.
  2. Fui arremessada pra fora do banheiro em um ônibus em movimento quando ele passou por um buraco e quase caí sentada – e de calça arriada – no colo de um policial. Pelo menos era um policial bonitão.
  3. Só como sorvetes de cor verde: menta ou pistache. Não ligo pra outros sabores e não tomo se não tem nenhum desses dois.
  4. Já quase morri de várias formas estúpidas e juro que deve ter um anjo muito porreta me protegendo. Só de quase afogamento foram três vezes e em pelo menos duas não tinha ninguém por perto pra ajudar.
  5. Já fiquei com dois pares de irmãos. Dois eram o mais velho e o caçula. Dois eram gêmeos idênticos. E até hoje todos eles juram que foram os únicos que ficaram comigo hahaha.
  6. Demorei tanto pra fazer sexo que quando finalmente transei foram 7 vezes no mesmo dia 6 vezes no mesmo dia. Teriam sido 7, mas o moço não aguentou.
  7. Falo três idiomas fluentemente: o português nativo, inglês e espanhol. Morei três anos na Bolívia e é só conhecer alguém que fale espanhol pra mandar uns ¡HOLA QUE TAL!

Depois atualizo o post contando o que é verdade e o que é mentira.

Pessoas horríveis

Anteontem publiquei o sétimo capítulo e rolou recorde de visita. Em primeiro lugar, parabéns a todos os envolvidos. Se um dia eu chegar a publicar esse livro vou dedicar ele pras migas que tão lendo e dando feedback. <3