Minha primeira tattoo

Tatuagem é um negócio complicado na minha vida: sempre quis fazer, mas por vários motivos (família conservadora, dinheiro curto, emprego conservador) eu sempre acabei adiando. Mas agora, 32 anos na cara, finalmente decidi que estava na hora de seguir adiante por motivos de:

Veja bem, eu ainda tenho uma família e um emprego conservadores. Se você não tem um emprego moderninho e descolado, as pessoas vão te olhar torto se a tatuagem estiver à vista. E minha família já acha que eu sou uma decepção porque ainda não casei e pari três crianças, não quero dar mais motivos pra eles encherem minha paciência.

Meus critérios eram bem simples: pequena, escondida, significativa. Escolhi tatuar uma cobra porque eu amo cobras e pode fazer todas as piadas comparativas com pinto agora. Satisfeito?

Olha, cobra é um bicho super de boa. O grande sonho da minha vida era poder me transformar numa sucuri e passar o resto da vida tomando sol na beira de um rio. E se você acha cobras assustadoras, claramente você nunca viu uma cobra de chapéu.

Bom dia, teria um minuto para ouvir a palavra de nosso senhor Apophis? (Via)

Serpentes são associadas à fertilidade, a criação e a destruição. Uma cobra trocando de pele é associada ao renascimento e a imortalidade.

O desenho que eu fiz.

O estêncil colocado.

O processo.

O resultado final.

Minha tattoo foi feita no Belltrix & Kettei Studio pelo Samuel de Souza. Se você é de Bragança Paulista e região, acho que vale muito a pena conhecer! <3

1 comment

Comments are closed.